Xilindró



Ex presidente da CBDA, Coaracy Nunes Filho foi condenado a 11 anos e 5 meses de reclusão (regime fechado) e outros 3 anos e 6 meses de detenção por fraudes na gestão de recursos financeiros da entidade, além de pagamento de 487 dias de multa.

Cabe recurso.