Reivindicação



Consórcio Interestadual da Amazônia Legal, presidido por WGóes, entregou petição no STF, solicitando que repasse dos R$ 430 mi do Fundo Petrobras seja repassado diretamente aos estados.