Amparo



Revoltado, Lucas Barreto também lançou nota em favor de Davi e disse ter assistido – com indignação – a agressão perpetrada contra o presidente do Senado e seu pai [Tobelem] em vídeo de carnaval editado criminosamente. “Clara demonstração de intolerância e preconceito”.