Pavor



Com agosto já na folhinha e com a vacina sem nenhuma previsão confiável, cabe uma pergunta:
Será que vamos passar mesmo o resto do ano morrendo de medo e indagando quando essa praga da Covid vai nos deixar?