Gancho



Lei estadual, já aprovada e sancionada, proíbe que pessoa condenada por prática de violência contra mulher tenha acesso a cargo de função pública.

Mas, detalhe, só após o trânsito em julgado de sentença condenatória.