Essencial



Deputada Luana Ribeiro (TO) pede, em requerimento, que jornalistas também integrem grupo prioritário de vacinação.

“A vacinação prioritária é necessária devido a relevância das atividades desenvolvidas pelo setor”, justifica a parlamentar.

Solicitação feita terça, 6, véspera do Dia do Jornalista, em atendimento a uma demanda do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Tocantins (Sindjor).

“A categoria exerce atividades essenciais, conforme o Decreto Federal 10.288, de 22 de março de 2020, que define como essencial no contexto da pandemia as atividades desenvolvidas pela imprensa”, pontua Sindjor.

No Amapá, jornalista pode até “arder em febre”, tanto faz.