Entendimento



TSE veta uso das coligações cruzadas na disputa para governo e senado.

Os partidos políticos que formarem coligação para a disputa de governo estadual em 2022 devem respeitar esse acordo na definição das candidaturas para o Senado Federal, embora eles possam lançar candidatos independentes.