Frieza



Se depender da CBF, pouco importa uma visita ao Palácio do Planalto, no caso do Brasil vir a ser campeão do mundo, a sexta vez.

Aliás, a entidade já se pronunciou sobre isso, chateada com a polarização que tomou a política brasileira entre Lula e Bolsonaro.