Puro sangue



Ante desistência do PDT, anunciada por RGóes hoje, Joel Banha cancela encontro do dia 25, sobre coligação, e opta por Dora como candidata do petismo na disputa pela Prefeitura de Macapá.

Distância



A decisão do petismo por candidatura própria (Dora) é porque de jeito nenhum aceita sequer conversar com Gilvam, que usa broche do PMDB, um ‘partido golpista’, no dizer de Joel Banha.

Dobradinha



Prego batido, ponta virada: Clotilde (PCdoB) e Richard (Rede) compõem chapa na disputa pelo trono de Robson, em Santana.

Lado a lado



Pra organizar diretórios e conquistar prefeituras interioranas, Bala e Max AABB se juntam pra fortalecer o Solidariedade estado adentro.

Animação



Volto a ver Edinho ativo e belicoso, ante possibilidade de assumir lugar de Aguiar, sob risco de cassação por faltas não justificadas.

Será?



Saída da grelha: em 18, Capiberibe disputa o governo, Janete vai à reeleição e o filho Camilo arrisca o Senado Federal.
De uma boa fonte da Confraria da Celina, ponto de encontro dos pessebistas, em fim de semana.

Quarteto



Com Aldo (PSB), agora são 4 os aspirantes à Prefeitura de Laranjal do Jari —contando com Nazilda (PMDB), Márcio Serrão (PRB) e Euricélia Cardoso (PP).

Troca de cabeça



PSB muda de ideia e, em vez do tenente Aurivam, como previsto, lança o vereador Aldo como seu candidato em Laranjal do Jari.
Aurivam foi diretor do Detran no governo Camilo e Aldo é o atual presidente da CV de lá.

Semi-aberto



Condenado por malversação do dinheiro público, enquanto prefeito de Mazagão, Alcides Reis já cumpre pena no Iapen desde o ano passado.

Desempenho



Ainda com broche do PP, Telma Néry já aparece bem na foto de reeleição à vereança.
Com mana Sandra Ohana no apoio logístico, bem entendido.

Dodói



Com febre, dores na garganta, cabeça e nas articulações, Aroldo Rabelo (Sinsepeap) teve que passar o domingo (12) ocupando leito hospitalar.
Melhor, já voltou pra casa hoje, mas com recomendação médica de repouso absoluto por uns dias.

Esperança



A mais íntimos, Marcos Reátegui segue jurando por juros que volta do mano Moisés para o trono, na Alap, é só uma questão de tempo.
“De pouquíssimo tempo, aliás”, estaria difundindo entre aliados.

Sucessor



Depois que Tork terminar mandato, em março, é Manoel Brito quem deve assumir TRE estado adentro.

Estratégia



Síntese: “Estilo soft de Moisés, na sua volta pra casa (Alap), recentemente, tem tudo a ver com um recomeço de retorno à presidência a partir de 2019, se renovar alvará como deputado estadual”, apostam PhDs.

Desconfiômetro



É evidente que já fui tentado a dar parabéns pra Janot e Moro, via e-mail, mas tenho contido ímpeto.
Porque umas e outras vezes vejo ambos e tropa metendo pés pelas mãos, posando como exemplo máximo de virtude humana, como únicos que não estão acima da lei.
Sei, não.