Óbito



Amapá sai do zero e já registra 1º caso de morte pelo coronavírus —um idoso de 60 anos, internado com pneumonia no HE.
Mas a curva de crescimento da doença no estado continua sendo a menor do país, o que Waldez e Clécio atribuem às medidas restritivas em vigor.

Protocolo



Governo do Amapá mantém isolamento social e lança medidas tributárias.
WGóes também prorrogou por mais 15 dias suspensões de atividades comerciais, religiosas, culturais e outras.

Social



A Semed está doando 1672 cestas básicas a alunos de 90 escolas da rede municipal, Macapá afora.
As entregas ocorreram ao longo deste sábado (4) e estão sendo beneficiados alunos em situação de vulnerabilidade social.

Ajuda



Advogados que contraírem o novo coronavírus receberão auxílio financeiro da Caixa de Assistência dos Advogados do Amapá (CAA/AP) durante 2 meses.
É parte do programa “Mão Amiga”, anunciado pelo presidente Anaice (CAA/AP).

Fora de perigo



Médico Cláudio Leão realiza exame, atesta negativo para coronavírus e seu quadro clínico é estável.
Foi o primeiro exame de Leão que fará agora a contraprova.
A informação foi repassada por seu colega médico Bruce David.

Contramão



Para 51% de brasileiros ouvidos, Bolsonaro mais atrapalha do que ajuda no combate ao coronavírus, diz Datafolha em recente pesquisa.

Letal



Mortos pela Covid-19 no mundo atingiram neste sábado a marca de 60 mil.
Os casos confirmados já superaram o patamar de 1 milhão e 100 mil.

Possibilidade



No pior cenário, o Brasil pode chegar a 60 mil casos do novo coronavírus nos próximos 18 dias.
Isso segundo o Núcleo de Operações e Inteligência em Saúde —grupo formado por pesquisadores de diversos institutos e universidades.

Encontro



Presidente Davi Alcolumbre (DEM) recebeu na residência oficial do Senado o general Luiz Eduardo Ramos, ministro-chefe da secretaria de governo do PR Bolsonaro.

Incômodo



Pé de ouvido entre Alcolumbre e Eduardo, segundo bochichos, a ver com protagonismo de Mandetta (Saúde) nas relações com a imprensa sobre o embate do governo contra o coronavírus —que estaria incomodando Bolsonaro.

Paz e amor



Também segundo relatos, Alcolumbre pretende intensificar conversas neste fim de semana com intuito de pacificar ânimos no Congresso – inclusive o dele próprio –, com o presidente Bolsonaro.
Para que, supõe-se, ao fim e ao cabo, entre mortos e feridos salvem-se todos —ficando o dito por não dito.

Tática



Rodrigo Maia tem sido bombardeado nas redes sociais por ter impedido a votação que repassaria o dinheiro do fundão partidário para enfrentar o coronavírus.

Reação



“Rodrigo Maia preferiu dar dinheiro para imprimir santinho de político em vez de combater o coronavírus”, comentam internautas.

Gula



Mas esquecem (internautas) que Maia, ao virar as costas, apenas está posando de ‘portavoz’ da “cambada” toda de parlamentares, loucos por dinheiro e só interessados em salvar a própria pele.

Egoísmo



Logo, nem pensar em deputados abrindo mão dessa grana toda (mais de R$ 2 bi) pra cuidar da saúde do povo, na certeza de que tudo aquilo logo, logo vai bolso deles.
Ou seja, ‘pouca farinha, meu pirão primeiro”.