Lavagem



“Não se comprava combustível, apena simulava-se para que o dinheiro público se tornasse privado. E isso é apenas ‘a ponta do iceberg’, porque mais ações ainda estão em curso”, no relato do procurador Benjamin Lax (MP), neste sábado (17)

Enrosco



Era Jorge Amanajás o presidente da AL, em 2010, quando deflagrou-se a ‘Operação Mãos Limpas’, hoje com deputados e servidores condenados a devolver mais de R$ 29 milhões aos cofres públicos.

Mãos limpas



“Esses agentes públicos, conforme provas documentais que possuímos (de 2006 a 2010), recebiam o dinheiro e não realizavam o serviço”, destacou o procurador Benjamin Lax (MP) no ‘Togas e Becas’, deste sábado (16).
Pano pras mangas.

Beleza



Pendurada sobre as pedras e o mar, surge a ciclovia ‘suspensa’ na orla carioca ligando Leblon a São Conrado, que inaugura neste domingo (17), na avenida Niemeyer.
É, tecnicamente, uma faixa compartilhada. Servirá tanto para ciclistas quanto para pedestres, e terá três mirantes —dois já existiam.
E o Rio de Janeiro fica mais lindo!

Capa



Rosto do DA de papel desse sábado, 16.
Veja!!!

Reingresso



Ainda afastado do TCE, Júlio Miranda tem repetido ante inquietude de curiosos, que não enfia dedo no chinelo com aposentadoria a caminho.
Opta novamente pela política partidária e usando o Legislativo estadual como via de retorno.

Incógnita



“É chute do RGóes quando jura por todos os juros que não disputa prefeitura em outubro”, garantem mais íntimos.
“Porque Gilvan brada em nome do PMDB, mas sem que o PDT já tenha dito alto e bom som que ele será consenso na coligação”, reafirmam pedetistas.

Bate e rebate



Bem ou mal passado, recado de aliados de Moisés para DaLua:
“Cresça e apareça, antes de meter pés pelas mãos”, dispara tropa de choque do presidente afastado.

Alhos por bugalhos



Parque de diversões, enferrujado e caindo aos pedaços, foi considerado como risco iminente por bombeiros, enquanto instalado na Zagury.
Mas, surpreendentemente, deixou de ser para a garotada do São Lázaro (entrada do Renascer), onde já funciona a mil por hora.
Durma-se.

Descaramento



Com exceções, políticos no Amapá também abrem mão de todas as estruturas éticas e morais em nome da ambição pessoal.
Daí o enriquecimento ilícito e os trancos e barrancos na Justiça, como consequência.
E se ‘arrependimento matasse’ …

Sim ou não



Com o PP já quase integrando condomínio partidário dos ‘gurgéis’, Papaléo foi ungido por Vinícius a não tirar time de campo, possibilidade já aventada pelo próprio.
Nem que sim, nem que não. 
“Vai ver como ficam as coisas quando fato estiver consumado”, disse o vice governador.

Barulho



Se for pelo gogó da Rádio Corredor, no Setentrião, Jorge Amanajás será o bola da vez de WGóes pra disputar prefeitura, em outubro, como se tem ouvido por lá, ultimamente.
Mexendo com a audiência de Gilvan, já com nome na boca da praça.

Denorex



Já sobre RGóes …
“Ele diz que não é, mas está doido pra ser”, segundo relatos de pedetistas.

Expectativa



Com advogado Mártires sustentando ser ‘ato ilegal e abusivo’, agravo de Moisés contra decisão de Gilberto Pinheiro já percorre trâmites no Judiciário.
Desta feita rumo ao Pleno, a quem caberá o bater do martelo, na quarta que vem, possivelmente.
Haja lexotan.

Justificativa



Apenas duas das alegações de Inocêncio Mártires, na defesa de Moisés: 
“Vítima de armação liderada por Wgóes e golpe político engendrado por DaLua, também a mando do governador.”