A favor



No Senado, Davi, Randolfe e Capiberibe assinam PEC por eleições gerais a partir de 2022.
Porque, além de reduzir custos, também alinha programação orçamentária e política dos governos, nos 4 anos de mandato.

Mais um



Ex-vice de Récio, em Calçoene, Reinaldo Barroso já foi alcançado pelo braço da Justiça Eleitoral.
E também dado como inelegível por crime de improbidade administrativa —mas, sob recurso, segue empinando candidatura.

Proveito



Se Justiça se revelar implacável também no TSE, em Brasília, pra onde seguiu recurso, ‘Ofirney é quem mais ganha com Robson fora do páreo, em Santana’, arriscam seguidores do ex-juiz.

Pressão



Suplente da vez, Haroldo Abdon vai forçar barra, via Justiça, pra que a Alap o emposse deputado, com a titular Mira Rocha recorrendo da condenação fora do cargo.

Escora



É o coronel Barbosa quem usa digitais do PSB no apoiamento à candidatura de Marcivânia (PCdoB), em Santana.
Devidamente respaldado por Capiberibe e trupe, garantem partidários, lá.

Cotado



Ex-deputado estadual enquanto Luciana Gurgel estava licenciada, Márcio Serrão (PRP) tem aparecido bem nas intenções de votos em Laranjal do Jari, dizem obsevadores.

Reação



No Colégio Tiradentes, alunos e professores fazem manifestação e caminhada até a sede da Secretaria, na FAB.
Reivindicam mais segurança e melhoria nas instalações físicas da escola.

Acidente



Ônibus de linha (Siãotur) tem barra de direção quebrada e, desgovernado, invade muro da Escola Antônio Pontes (ex GM), na FAB.
Transportava passageiros, mas ninguém se feriu. Apenas o motorista, com leves escoriações, e passa bem.

Cognome



Zeca Deabo, que até já foi presidente da CVM, em tempos idos, volta a disputar a vereança.
Mas como Zeca Abdon, mandando o ‘Deabo’de volta pro inferno, escorando-se no sobrinho André Abdon, atual deputado federal.

Minoria



Da bancada amapaense de deputados, em Brasília, só Janete (PSB) e Marcivânia (PCdoB) já disseram que votam pela cassação de Cunha, na segunda-feira (12).
Outros ainda não sabem, revelaram pro Ibope, tangeando.

Silêncio



WGóes ainda não foi aos ares pra declarar apoio explícito a Gilvam, apesar de juntos e misturados, via PDT.
Questão de tempo, dizem devotos.

Pobreza



Sem medo de exagerar na tinta, a atual campanha eleitoral tem se revelado a mais chinfrim dentre tantas outras já passadas em Macapá.
Dando exceção à regra, principalmente pela carência de conteúdo, por onde eleitor possa avaliar em quem votar com absoluta segurança.

Fome



Não bastassem medicamentos, agora também começou a faltar comida nos hospitais de Macapá.
E, como tem sido regra ultimamente, a partir de exemplos na pasta da educação (vigilância), sem maiores explicações ao distinto público.

Encrencado



Papelório com malfeitos de Lula caiu nas mãos de quem ele menos queria: juiz Sérgio Moro.
Leia-se: a um passo do xilindró.

Por fora



Foram saber do presidente Iury Soledade se verdadeira a notícia sobre a venda da sede da UNA.
“Não sei. Estou de licença, sou candidato a vereador. Perguntem pro Jardel Rosário, que está me substituindo”, respondeu.