Improcedência



O STF absolveu Romário por ter chamado Marin, da CBF, de ‘corrupto e ladrão’.
Por ter falado a verdade, o ‘baixinho’ jamais poderia ser levado ao cadafalso.
Decisão justíssima!