Jeitinho



Clécio se esgueira, mas, por enquanto, garante sequer cogitar fatiamento de salário dos servidores municipais, apesar de queda constante na rubrica de receitas.
Porém, admite: segue de dedos cruzados torcendo para que crise não piore além da conta. 
Senão …