SOS



Depois de avisada pelo pai, por SMS, foi a filha de Clécio, Clara Vieira, que mora com a mãe no Pacoval, quem chamou a polícia.
Arredores foram vasculhados e vizinhos ouvidos pelos policiais, mas pouco de concreto pra embasar investigação, em ponto de partida.