Fiscalização



Procon não dá mole na ‘Operação Abre Alas’.
Alvos têm sido bares, restaurantes, boates e empreendedores individuais da orla, onde acontece o ‘Circuito Beira-Rio’.