Privatização



GEA ainda não definiu quando vai acontecer, nem os bens que serão levados a leilão.
Convicção se tem que Caesa é prego batido, pontavirada – Já o Macapá Hotel nem tanto.
Resta aguardar.