Divisas



Santana começa a usar potencial para transporte hidroviário de cargas, com inclusão na rota de distribuição de combustível na região Norte.
Previsão é de 25 milhões de litros por mês.