Miséria



Nada menos que 33 mil crianças em situação de extrema pobreza no Amapá, segundo o IBGE – que corresponde a 14,6% de crianças e adolescentes entre 0 a 14 anos.
Quadro aterrador.