Tesoura



Amapaenses pobres que dependem de medicamentos mais baratos se preocupam com anúncio de corte de recursos que bancam a Farmácia Popular em todo o país.
Só em Macapá são cinco, todas ameaçadas de fecharem portas.