Democracia



Márcio Alves (PGJ): “A eleição foi realizada em um clima amistoso. A nossa instituição tenta ser a mais democrática e transparente possível, a gente também elege promotor para PGJ, o que não é uma característica só do Amapá, a grande maioria dos MPs do Brasil faz isso. O pleito reafirma que procuramos sempre fortalecer a democracia para o MP do Amapá”.