Precaução



Sobre se o governo já tem como acabar com fatiamento salarial de servidores, Teles Jr. prefere não arriscar qualquer palpite, porque não tem como garantir se o estado vai ter crescimento de arrecadação de impostos a partir do ano que vem, mesmo sendo animadoras as previsões.