Sem samba



WGóes foi direto ao ponto: “governo não tem condições de bancar o carnaval, o que, aliás, já vimos dizendo isso desde 2016. O estado só dá a estrutura e a Liesap que encontre maneira de viabilizar o evento.”
Em rápida entrevista a Heraldo Almeida (Diário FM), nesta segunda 4.