Motivação



“A notícia é que há agentes penitenciários participaram do crime. A sociedade, a família, os próprios agentes penitenciários têm direito de saber como ocorreram esses fatos”.
Sandro Modesto, advogado