Quem sabe?



Além de Kaká, que se articula por mais um mandato —cheio de moral no GEA, no MP e judiciário, segundo Furlan— também já se fala no nome de Telma Gurgel, mãe de Vinícius, para a presidência da Assembleia Legislativa, a partir de fevereiro.
Ela não confirma.