Manifestação



Foi do tipo ‘chinfrim’, por assim dizer, greve geral, em Macapá, contra reforma da Previdência e corte na educação.

Sem fogos e clarinadas, menos de 500 manifestantes, na estimativa de organizadores.