Na Europa



Marcelo deixa o Real Madrid, mas decide seguir no futebol europeu, frustrando pretensões de Botafogo e Fluminense, que já sondavam empresários do craque.