Probidade



“[…] Lisura moral e honestidade é o que essa deputada deveria provar à Justiça.”
@josianego-pereira, instagram

Menosprezo



“Já provou, tola!”, responde nas redes o marido de Jozi, Adriano Stefanni (PTN).

Repulsa



“Se sente a vontade em denegrir uma pessoa pública! Faz bem para os egos? Não se importam se essa pessoa tem família e filho? Não gosta do seu representante? Não vote mais nele! Simples!”, sugere marido de Jozi.

Suborno



“Mas não falam dos demais. Pq? Eu acho que a Jozi precisa começar a pagar para que pessoas desinformadas continuem comprando ideias desinformadas.”
Adriano, PTN

Puleiro



“Mais suja que pau de galinheiro. Quero ver quando perder essa imunidade parlamentar, pois sabe que é uma deputada de apenas um mandato.”
@j.maues, instagram

Reembolso



Ações contra Jozi, além do enquadramento judicial, estão requerendo ressarcimento de danos ao Sesi e Senai do Amapá, enquanto presidente da Fieap, em 2013, por supostas ilicitudes em aluguel de veículos com a Transcoop.

Dindim



Presidente da Liesap, Vicente Cruz garante já estar trabalhando com a lei Rouanet atrás de grana pra bancar o carnaval no Sambódromo, ano que vem.
Logo, reafirma: “Vai ter, sim, Carnaval!”.

Alarde



Tirante as caminhadas silenciosas de Gilvam, pelas contas que fiz, até agora só mesmo Aline fez barulho como pré-candidata à sucessão de Clécio, na prefeitura.

Debandada



Com já quase 8 pré-candidatos, e todos batendo no atual prefeito, dispersando votos, Robson Rocha (PTB) acaba se reelegendo em Santana.

Não pega



Como tantas outras, lei do farol aceso já caminha pra ser mais uma que não pega, país adentro.
Apesar de doer no bolso e pesar alguns pontinhos contra na carteira de habilitação.

Sem pressa



Devagar, devagarinho, Ericláudio segue se articulando nos bastidores pra ser o indicado do PDT na dispuita pela prefeitura, em outubro.
E, inclusive, sob condição de cabeça de chapa —logo, às favas Gilvam!, supõe-se.

Meditação



“Antes de pedir um copo d’água, cave um poço.”
Blaise Pascal, filósofo francês

Nem aí



Ainda sem maiores explicações, a Setrap simplesmente abandonou obras do muro de arrimo, Aturiá adentro.
Sem dó nem piedade de moradores, com casas literalmente destruídas pelo avanço das águas.

Sujeira



“Se Vigilância Sanitária fiscalizar pra valer, a Feira do Perpétuo Socorro fecha as portas. Não tem higiene. É resto de peixe jogado pra tudo quanto é lado.”
Arilson Kleber, consumidor

Susto



Para uma rápida conversa com o médico Leão, na UTI, estive no HE, dia desses.
Confesso: saí de lá estarrecido com o que vi, inclusive com doentes no chão sobre papelão, em vez de colchonetes, ou lençol, ao menos.