Decibéis



Médico me disse em SP, que, por causa do fone de ouvido que uso desde criancinha, já perdi 10 por cento da minha audição.
O que significa que já não consigo mais medir a quantas verdadeiramente anda minha audiência no rádio.
Pior: nem que a vaca tussa, faço programa sem ele.

Indefinitivo



O paranaense Ivan Petrovitch, um daqueles escritores que vendem suas obras na entrada do Masp,
em SP, sugeriu que lesse a página 11 de seu livro, antes de pagar a conta.
Fiz o que me pediu.

Vir-a-ser
“É preciso dançar sobre os
abismos
Rir de tudo e todos
Superar o aqui e agora
Ser uma ponte e jamais um fim
Conviver com incertezas
Desconfiar, desconfiar,
desconfiar
Tudo é passível de 
questionamento
Valores, conceitos e preceitos
O equilíbrio e a loucura
Os sentimentos mais dignos
A ciência, a história e a religião
Nada, absolutamente, nada
Pode ser considerado
definitivo
Concluir é atrofiar, estagnar,
morrer …

Geração analógica



Comprei um leitor de livro digital, com acesso ao acervo da Saraiva, mas confesso: por ali, mesmo com todas facilidades, inclusive marcador de texto e acesso a dicionário, não consigo ler nada de cabo a rabo.
Podem até me chamar de antigo como as pirâmides do Egito, mas vou continuar sendo mais pelo livro de papel.

É possível



O PMDB fez reunião de cúpula ontem e a candidatura de Cabuçu Borges para prefeitura, em Santana, foi um dos temas sob discussão.

Atraso



Não estou entendendo mais nada.
O Correio diz já não estar mais em greve, mas todas as minhas contas já desembarcam no meu carteiro, em casa, com prazo de pagamento vencido.
É sempre assim: briga o mar com a praia e quem paga é o caranguejo.

Diálogo



No aeroporto, em Brasília, eu e Evandro Gama batemos um longo papo, trocamos cartões de visita e prometemos logo, logo voltar a nos falar.
Ex-ministro da AGU, Gama atualmente despacha na sede da Procuradoria da Fazenda Nacional, em Macapá.

Desejo



Se já se resolveu com o TCU só Deus sabe, mas pelo menos aos mais íntimos Rosemiro Rocha admite disputar o senado em 18.

Memória



Dia desses, quando dava um trato na minha coleção de LPs, lembrei que, a pedido do empresário
Alírio Rodrigues, fomos eu, Cristina e Jota Ney que coordenamos o primeiro show de Roberto Carlos em Macapá, nos anos 70, por aí.
Faltou lugar no campo de futebol do Glicério Marques, onde o Rei cantou.

Destino cruel



Olha só.
em 91, Eduardo Cunha mandava e desmandava na Telerj, quando Collor era presidente do Brasil.
E por indicação de PCFarias, com quem trabalhara como um dos 10 tesoureiros de campanha do ex-presidente.
Dos três, um (PC) já morreu, e os dois outros acabam de cair em em desgraça.

Escape



Cá pra nós, só tem uma maneira de se explorar mais a imaginação criativa, em busca de alternativas
pros nossos trancos e barrancos: parar de acreditar nos governos!
Porque não mais confiamos nos políticos, mas amamos o lugar onde vivemos. 
Né?!

Eficácia



Pro coleguinha Douglas Lima, cá de casa, educação, saúde e cultura, são os 3 segmentos da administração
de Clécio, na prefeitura, que mais se revelaram eficientes nesses quase 3 anos de governo municipal.

Oscar



Por fortalecer poder legislativo, ao estimular integração com a comunidade, vereador Richard Madureira (PT/STN) levantou prêmio Destaque como um dos 30 melhores parlamentares do país.
Em BSB, recentemente.
Valeu!

Cabo eleitoral



Bruno Mineiro, ano que vem, só vai apoiar a reeleição do tio Almir Rezende, em Tartarugalzinho, onde tem domicílio eleitoral, garante um íntimo dele.

Abuso



Calçadão da praça Barão, no centro: invasão que não acaba mais.

Fotos: Carmen Soares