Sonho de consumo



Reeleito pela quarta vez a estadual, Michel JK agora anda com um desejo impresso na memória.
Ganhar eleição em 2016 e virar prefeito de Macapá.

Perdulário



No dizer de Robson, no rádio, Nogueira gastou R$ 149 mil do Erário com edição de revista promocional,
de 15 mil exemplares, ao fim e ao cabo do governo dele, em Santana.

Malefício



—O PCC, baseado em São Paulo, mas com ramificações Brasil afora, também já está
dentro da penitenciária de Macapá, admitem autoridades policiais, em debate na Diário FM.

Parceria



Com Pedro Leite (Sesa) e Silvana Vedovelli (Semsa) já ajustando bússolas,
governo e prefeitura vão mesmo trabalhar juntos em ações emergenciais.
Bom demais.

Bicudos



Não andam às turras, mas o que se escuta na Rádio Corredor, na AL, é que Moisés e Jr. Favacho
já não são mais hoje tão unha e cutícula como noutros carnavais.
Desculpem, mas também ainda não sei informar razão da malquerença.

Frustração



—NO PT, nem todos os que forraram os bolsos com o dinheiro 
alheio está na cadeia, admitia um petista de carteirinha, decepcionado com a 
prostração moral a que chegou o partido, hoje em dia.

Ausência



Fim de enredo.
Pelo menos por uns tempos, Edinho fica sem mandato parlamentar, porque nenhum reeleito
aceitou staff no governo pra ceder trono interinamente na AL.

Proteção



Baddini (CTMac) já anuncia 20 novos modelos de abrigos de ônibus em Macapá.
Detalhe: dos atuais 800 pontos de parada existentes, apenas 300 possuem abrigos.

Promessa



Alto e bom som, Patrícia Brito (Caesa) garantiu que até final do
governo atual faz jorrar 100% de água potável em Mazagão Velho.
WG não só carimbou, mas também assinou embaixo.

Disposição



O estatístico Francisco de Assis já arregaça as mangas no comando da Afap.
Fala em valorização do pequeno empreendedor, resgate social e geração de emprego e renda.
Assim seja!

Casa cheia



Mesmo com balsas levando muita gente voltar pra casa, por demora na travessia,
prefeito Dílson Borges comemora sucesso de público nas festividades dos 245 anos de Mazagão Velho.

Implacável



Também poeta laguinhense, Vicente Cruz resumiu em 4 palavras mote que vai adotar enquanto pilotando Procon.
—Empedernido, inflexível, duro e intransigente!

Sem risco



Turista morre em transatlântico em viagem que passa pelo Amapá, mas autoridades da
saúde de Manaus, onde o morto foi desembarcado, descartam doenças endêmicas.

Perspectiva



Admitido por um íntimo dele, no entreouvido com este locutor que vos fala, se eleger prefeito,
ano que vem, já passa, sim, pelo horizonte político de Michel JK, hoje em dia.

Às avessas



O que mais se fala, hoje em dia.
—No Brasil, honestidade deixou de ser obrigação pra ser virtude; a verdade é 
punida e a mentira enaltecida; o bem é chamado de mal e o mal elevado à condição de bem.
E por aí afora.
Oh, Deus!