Risco de vida



“Sim. Nesses 2 mandatos no MPE sofri muitas ameaças. De ‘morte’, inclusive”.
(Ivana Cei)

Fiscal da lei



“O MP atua na defesa da ordem jurídica e fiscaliza o cumprimento da lei no Brasil, como,
a garantia dos direitos estabelecidos pela Constituição de 1988, dentre eles, o da livre
manifestação do pensamento e da liberdade de expressão”.
(Ivana Cei)

Bola fora



Ivana Cei saiu dos sapatos, hoje, sobre ter perdido o cargo de procuradora geral por decisão do CNMP.
Disse que a única representação contra ela, feita pela AL, foi arquivada em fevereiro deste ano.

Articulação



Sindsep e representantes de todas as demais categorias de servidores públicos estarão em Brasília nessa segunda, 9.
Atrás de apoio da bancada do Amapá no CN para audiência pública agendada
pela Comissão Mista (Câmara e Senado), tendo a MP nº 660 como pano de fundo.

Decano



Com a responsabilidade de ser o mais antigo membro do MP, Jair Quintas foi
reconduzido pela 4ª vez para o cargo de corregedor-geral da instituição.

Xerife



Roberto Álvares assumiu na noite dessa sexta, 6, a procuradoria geral
do MP, sucedendo Ivana Cei, que fez um elogiável trabalho em 2 mandatos consecutivos.

Vitrine



Já presidente do Tjap, Sueli Pin recebe justa homenagem na segunda, 9, na AL.
E uma delas é pelo fato de ser a primeira mulher a comandar a justiça amapaense.

Embate



Na segunda, 9, a justiça eleitoral vai escolher entre Tork e Stella quem vai presidir o TRE-AP, doravante.
Mas aquele que perder ganha como prêmio de consolação a vice-presidência da Corregedoria da mesma Corte.

Homenagem



Vales teve despedida pranteada no TRE-AP, por exemplar trabalho na presidência,
com destaque para a condução das eleições de 2014.

Sem necessidade



Waldez já pregando a desjudicialização dos processos de saúde para que o setor seja recuperado.
Outra tecla batida e rebatida por Góes: o estreitamento das relações entre os poderes, pra evitar atropelos desnecessários.
Carimbo e assino embaixo

Precaução



Em fala na AL sobre necessidade de prevenção contra o câncer de próstata, Ericláudio Alencar foi direto ao ponto.
“Já me submeti a pelo menos 9 toques retais e isso nunca me constrangeu”.

Flerte



Impressionado com aceitação popular de Sueli Pini, o Solidariedade já
articula aproximação política, de olho em eleições futuras.
Admitiu um íntimo de Bala, hoje.

Tranquilidade



“Nunca vou perder o sono, mas compreendo que o MP deve, sim, fazer o trabalho dele”.
De Moisés, sobre linha dura que Roberto Alvares disse adotar, doravante, entendida como
‘insinuação’, supostamente em alusão ao caso mal resolvido entre AL/MP.

Repugnante



Calado há 12 anos, Andreas Von Richthofen, sobre a morte dos pais, dispara: “Crime nojento!”.
E chama a irmã Suzane de ‘assassina’.

Entrevista



O que Ivana e Roberto Alvares disseram na Diário FM, antes da posse no Bacabeiras, hoje.

{mp4remote}/images/from/2015/jan/ivana.mp4{/mp4remote}