Boas novas



Na visita ao prefeito Bala, em STN, Randolfe confirma, dentre outras boas novas, R$ 12 milhões para a construção do novo porto de passageiros no município portuário.

Pesquisa



Professor da Unifap, Paulo Cambraia está na praça com o livro ‘Verdes labirintos – A construção social da fronteira franco-portuguesa”.

Ele aborda, na obra, uma das fases em que o Amapá ainda pertencia ao Pará que, por sua vez, não era estado, mas chamado Província do Grão-Pará.

Holofote



Não reeleita e pra não sumir nas nuvens, politicamente, aliados se empenham por espaço para Leda Sadala no staff de Furlan, em Macapá.

É possível, quem sabe.

Atraso



Dentre todos os estados brasileiros, Amapá é o fona na pesquisa de dados para o do censo, revela IBGE.

Torcida Brasil



Assim de gente na Zagury, segunda 5, torcendo pelo Brasil na vitória contra a Coreia (4 a 1).

Desistência



Segundo o portal Metrópoles, Davi desistiu de relatar PEC da Transição, como previsto, porque teria que passar bastão para o vice da CCJ, Lucas Barreto (PSD/AP), “que, por ser bolsonarista, poderia, supostamente, prejudicar interesses de Lula na votação”, no entender de petistas.

Vez e voz



Randolfe pode até não assumir ministério de Lula, mas, pelo que representou para a campanha, capitaneando-a, de certo exercerá influência pública e notória no futuro governo.
O que, certamente, será bom demais para o Amapá.

Patronal



Márcio André Bragança assumirá a Presidência da Acia, em 14/12, no lugar de Mateus Nascimento.

O novo presidente será o 1º a assumir o cargo com gabinete de trabalho no espigão da entidade na esquina da FAB com Rondon, no centro.

Solução



Davi, de um jamegão só propõe mais de dez bilhões de reais, a serem liberados pela União, para garantir o piso de enfermagem, em todo o Brasil. Enfermeiros amapaenses, claro, agradecem ao presidente da CCJ do Senado da República.

Reforço



Inspetor Fernando Lourenço Neto (Guarda Municipal de Macapá) agora já forma no trio amapaense que trabalha na equipe de transição de Lula, em Brasília.

Além do senador Randolfe e reitora da Ueap, Kátia Paulino.

Tranquilidade



Parece que diplomação dos eleitos no Amapá, em 2 de outubro passado, em absoluto 1º turno, em todos os níveis, acontecerá dia 19/12, em Macapá, sem nenhum problema de impedimento judicial.

Ainda bem!

Espera



Clécio prometeu para dezembro uma luz quanto ao secretariado com o qual iniciará o próximo governo, em 1 de janeiro de 23.

Ao que tudo indica isso só acontecerá, mesmo, depois da diplomação, em 19 vindouro.

Bem cotado



Com orçamento superior a R$ 47 bi, Alexandre Silveira (PSD/MG), não reeleito senador, e Davi Alcolumbre (UB/AP), reeleito, são os nomes mais em voga para o ministério da Infraestrutura do futuro governo petista.

Considerado a ‘a jóia da coroa’, pela riqueza nos cofres e poder de entrega de obras públicas, cargo está menos para Silveira e mais para Alcolumbre, por ser o atual mandachuva da CCJ, do Senado, por onde se articula a PEC da Transição, principal alvo de cobiça de Lula, atualmente.

(Fonte: O Globo)

Desistir jamais



Sem mandato a partir de janeiro, Cristina Almeida (PSB) nada disse, ainda, sobre o seu ‘depois’, politicamente.

“Mas sem essa de página virada e já descartada do meu folhetim”, tem dito.

Erisipela



A ferida (erisipela) que não vinha deixando o PR Bolsonaro sair de casa (Alvorada).

Foi o filho Carlos (03) quem fez a foto e a publicou no Telegram, neste domingo 4.