Benefício


Em Brasília desde segunda 21, WGóes avança negociando com o ministro Bruno Araújo (Cidades) sobre ex-moradores do PSocorro (incêndio) de fora da isenção de pagamento da casa própria no novo Macapaba.

Agenda


Fechado entendimento no ministério das Cidades, WGóes ainda se encontra com a secretária Ana Paula Vescovi, do Tesouro Nacional. Mas na quarta, 23, já amanhece em Macapá.

Obstáculo


Não é segredo pra ninguém que o PSB só joga pra torcida de Randolfe, como o melhor quadro das esquerdas pra governador, porque precisa tirar pedra do caminho de Capiberibe rumo à reeleição.

Expansão


O Carrefour, no Amapá, já corre atrás de terreno na Zona Norte da cidade, onde pretende construir novo Atacadão. E também já tem planos para um terceiro, mas esse possivelmente em Santana.

Bochicho


Ainda à boca pequena, já se fala em Vicente Cruz pro lugar de Cyntia Lamarão no Turismo do governo de WGóes. A conferir.

Vantagem


Em ação conjunta com o Tjap, a Caesa abre mutirão da inadimplência e reforça caixa em R$ 36 milhões se conseguir receber pelo menos 300 contas em atraso.

Festança


Clécio (Rede) caiu nas graças dos moradores de Bailique, que além de participação direta no PPA, receberam iluminação pública de primeira, com 60 pontos instalados, maioria de led, mais eficiente e econômica.

Homenagem


Por sugestão de Clécio, Câmara fez Sessão no Bailique e aprovou nome do tabelião Manoel Queiroz Barbosa para a UBS de Vila Progresso. Homenagem justa.

Reconhecimento


“Homenagem faz justiça, porque o Manoelzinho era uma daquelas pessoas que se pode dizer ‘insubstituível’. Ele foi o primeiro enfermeiro, foi agente distrital e tabelião. Um grande companheiro”. Clécio, prefeito

Mutirão


Nada menos que R$ 36 milhões: É total da dívida dos 300 consumidores que participam da 1ª fase do mutirão que Tjap e Caesa iniciaram nesta segunda pra reduzir a inadimplência dos últimos 10 anos.

Frouxidão


“Houve um afrouxamento; andaram passando a mão na cabeça de algumas pessoas… Não sei o motivo, mas isso afetou muito a Caesa, porque em função do inadimplemento deixou de haver reinvestimento”. Magaly Xavier, diretora

Espetáculo


Eclipse do Sol, total nos EUA e parcial por aqui paralisou o Amapá nesta segunda, em especial Macapá, que foi privilegiada na visibilidade do fenômeno.

Influência


Empenho de Sarney pela liberação de R$ 35 mi para continuidade das obras do Hospital Universitário foi elogiado pelo juiz federal João Bôsco. Obras estão em vias de parar por falta de dinheiro.

Empenho


Em outro viés, destaca-se atuação de Bôsco, que extrapola a função judicante pra colocar digitais no desenvolvimento do Amapá. Articulações dele foram também vitais para destravar recursos em favor do Hospital Universitário.

‘Rapa’


Semduh tacou notificação para 30 pequenos empreendedores na pracinha do Curiaú e fechou estabelecimentos comerciais na ZN por falta de alvará. Tratamento igual merece ser dado a lojas erguidas em calçadas no centro de Macapá.