Pódio



Em cerimônia transmitida pelo youtube, Nathália, filhona de Badú e Neuralice (Nega) recebeu canudo de médica, em modo drive thru, pela Unifamaz, sexta 22, em Belém (PA).

“Foi emocionante”, testemunhado pela jornalista Ziulana, que participou do evento, virtualmente.

Desgraça



Enquanto o Brasil caminha para o epicentro da pandemia do coronavírus no mundo, Europa já dá sinais de retomada pós-isolamento.

Fragilidade



“Vídeo é insuficiente para embasar denúncia contra Bolsonaro”, opinam na CNN juristas renomados.

Excluído



Randolfe tuitou: “… Bolsonaro é um rejeitado mundialmente, e não tem plano para enfrentar a pandemia […] Enquanto ele (Bolsonaro)não cair, o Brasil vai se tornando um pária no mundo”, escreveu o senador da Rede.

Assistência



Governo envia ações de combate ao coronavírus na aldeia Kumarumã, com testes rápidos, entrega de medicamentos e desinfecção de aldeia na terra indígena Uaçá, em Oiapoque.

Prorrogação



Governo federal deve liberar mais 2 parcelas do auxílio emergencial, mas com valor menor que os atuais R$ 600,00.

“Não podemos jogar para o espaço mais de R$ 110 bilhões, que foram gastos dessa forma. Isso vai impactar nossa dívida no Tesouro”, disse Bolsonaro.

Silêncio



Alcolumbre silencia sobre reunião ministerial de 22 de abril.

Senadores  Rodrigo Pacheco (DEM), Weverton Rocha (PDT) e Randolfe  (Rede) chegaram a fazer duras críticas e a sinalizar que o Parlamentar deveria dar “alguma resposta”, mas Alcolumbre, ao iniciar a reunião, falou em “cuidar da pauta do Senado”.

Conquista



Bolsonaro sanciona lei que pode beneficiar policiais militares do Amapá, Rondônia e Roraima.

A lei autoriza a recomposição salarial dos policiais civis e militares e dos bombeiros militares do Distrito Federal.

Luto



Ex piloto do GTA, policial civil Rubem Júnior morre em Macapá, vítima da Covid.

Rubem tinha histórico de relevantes serviços prestados ao estado. Policial civil amapaense era um entusiasta do Grupo Tático Aeromóvel.

Incógnita



Congresso só vai decidir sobre adiamento de eleições após 30 de junho, mas, por conta da Covid, certamente não será em outubro, como previsto.

Espera



“Até 30 de junho, não iremos decidir nada. Vamos esperar para ver os efeitos desta pandemia, da curva desta pandemia no Brasil, para, daí, tomarmos uma decisão. Até lá, não tem nada definido.” disse o senador Weverton Rocha, líder do PDT no senado.

Notícia-crime



Segundo o jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o PDT entrou com uma notícia-crime no STF contra o ministro do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência (GSI), general Augusto heleno.

Motivo



A nota divulgada ministro do GSI na sexta-feira (25), tentando intimidar (sem sucesso) a Suprema Corte, é o motivo da notícia-crime.

No texto, Heleno chamou de afronta a apreensão dos celulares de Bolsonaro e Carlucho e que a atitude de Celso de Melo poderia ter consequências gravíssimas para o país.

Revelia



O Palácio do Planalto informou à PF que o ex-ministro Sérgio Moro não assinou a exoneração de Maurício Valeixo da superintendência da PF.

O próprio Moro antes de pedir demissão já havia divulgado que a “degola” de Valeixo ocorrera à sua revelia e sem o seu “autógrafo”.

Ora pro nobis



A flexibilização das medidas restritivas em alguns estados e municípios mesmo com o aumento dos casos da Covid-19 e dos óbitos, traz uma dúvida cruel: será mesmo imprescindível o retorno dos cultos e missas nos quais as aglomerações são inevitáveis e as chances de contágio mais do que reais?