Nos trinques



Já com nominatas a estadual e federal nos prumos, casal Vinícius/Luciana Gurgel, da linha de frente do PL, respira aliviado ante dever cumprido, mas sem descolar do eleitorado e de olho em 2 de outubro.

Sedução



Randolfe coordena campanha de Lula, mas quando está no Amapá faz torcida e pede voto para Clécio ao governo.

Já vivem um caso sério de mútuos afagos.

Confiança



Líder da bancada federal, apesar de deputada de 1º mandato, Aline Gurgel sempre acertou no tom na relação com colegas parlamentares, em Brasília.

É, sem dúvida, uma das apostas do Republicanos pra seguir com bancada de peso e qualidade, na Câmara Federal.

Nem pensar



“Nenhuma possibilidade de recuo de Capiberibe em favor de um outro candidato”, teria admitido um graduado apoiador do ex-senador.

TromPETISTA



Também amante da música instrumental (saxofonista), Lourival Freitas (PT) comprovou no TRE desincompatibilização em tempo hábil e, portanto, já pode erguer brinde pela aceitação do registro de sua candidatura a federal, em outubro.

Esquecidas



Dinha Ulisses, Elza Lopes, Ronilda Baliero e Suane Brazão, todas postulantes a estadual pelo Solidariedade, cobram explicação sobre o fundo que o presidente Paulinho da Força prometeu enviar pra elas, candidatas mulheres do SD do Amapá.

E até agora bulhufas.

Pela culatra



Para o professor e cientista político, Jair dos Santos Júnior, entrevistado na Diário FM, estratégia de “desconstruir” imagem de adversários políticos pode ter efeito contrário.

Mãos de chumbo



O que disse o professor Jair dos Santos Júnior, na entrevista à Diário FM, nesta terça, 20.

“Toda vez que um candidato começa a errar o peso da mão, batendo demais, ele tende a desidratar ou na melhor das hipóteses tende a manter o seu patamar”, alerta Jair.

Aparato



A Operação Armagedon, deflagrada nesta terça (20) por forças de segurança no Amapá, utilizou mais de 500 policiais.

Só perde para a Operação Mãos Limpas, de 2010, que utilizou mais de 600 policiais federais do Amapá e de outros estados.

Menos e mais



Dos candidatos ao GEA, apenas Clécio (SD) e pastor Gesiel (PRTB) ainda não acessaram recursos financeiros do fundo de campanha.

Jaime (PSD) recebeu pouco mais de R$ 4 mi e Gilvam (MDB) R$ 500 mil.

Quem quer dinheiro?



De mal com o “papai” governo federal, ligo sem fundão, o PCO só mandou R$ 3 mil para a campanha de Jairo Palheta.

Já o PSTU “esbanjou”, por assim dizer — se comparado ao PCO —, e contemplou Gianfranco com R$ 15 mil.

Uns mais, outros menos, mas com ambos pedindo parcimônia nos gastos de campanha.

Otimismo



Com pouco tempo de campanha pela frente, engana-se quem pensa que Ciro Gomes (PDT) já se deu por vencido.

“A minha dúvida é se vou ganhar no primeiro turno ou não. Eu sei que é meio improvável, mas vou me esforçar para ganhar no 1º turno”, tem dito.

Dianteira



Pesquisa Ipec para Presidente.

Lula (PT), 47%; Bolsonaro (PL), 31%. No 2º turno, o ex-PR tem 54% de intenções de voto, e Bolsonaro 35%.

Nos conformes



Ex-Seed e candidata a federal, Goreth Sousa prova por a+b que estava tudo certo com o prazo de sua desincompatibilização. E que agora segue com campanha sem nenhum empecilho.

Mudança



Kelly Dantas deixa presidência do PTB pra substituir Jozi Araújo na disputa a federal, em outubro.

Bruno Cei, empresário, é quem passa a dar o baralho no meio ambiente petebista, doravante.