Tolerância


Reunido com governadores em Brasília, hoje -WGóes entre eles, Temer aceita segurar dívida de estados até junho de 2017.
Amapá deve R$ 2,4 bi de BNDES e CEF, mas passivo acima de R$ 1 bi com Previdência fica fora do pacote negociado.