Ilegalidade


Japão (vereador): “Ao conceder a antecipação da tutela o juiz se baseou em parecer do Conselho Municipal de Transporte, que funciona ilegalmente, porque foi constituído sem o respeito à legislação, que exige que seus membros sejam sabatinados e aprovados pela Câmara, mas isso não ocorreu”.