Rejeição



Presidente CVMO, vereador José Nazareno reclama da falta de recíproca dos franceses no acesso à Ponte Binacional:
“Do lado de cá, o ‘cavalheirismo’ dos brasileiros no receptivo, mas os rigores das leis francesas quando oiapoquenses sequer ensaiam botar pés do lado de lá”, disse o vereador.