Repercussão



Depois do Fantástico, toda a mídia nacional escancarou dados sobre mortes de pessoas em ações policiais, que colocam o Amapá no topo do ranking. Números, porém, são contestados pelo comando dos órgãos locais da área de segurança.