Desabamento



MPF recomendou aos órgãos ambientais do Amapá que apresentem até terça (26) estudo de medidas emergenciais e 30 dias após, ações emergenciais para e evitar o desmoronamento da barragem do garimpo de Lourenço, em Calçoene.