Crescendo



Não é a toa que proliferam tantos problemas no AP: sem políticas eficientes pra melhoria da qualidade de vida, população cresce desenfreada e já chegou aos 829.494, segundo o IBGE.
Macapá puxa a fila (493.634), seguido por Santana (119.610) e Laranjal do Jarí (49.446)