Alta



IBGE apontam 2016 como grande alavanca para recuperação da economia no Amapá. Em especial no setor de serviços, que teve receita de R$ 1,6 bi gerado por 1.180 empresas, responsáveis por 15.400 pessoas, que só de salários ejetaram R$ 349,6 milhões no mercado.