Condenada



Além de não renovar mandato da Câmara, Jozi Araújo foi condenada pela juíza Alaíde Maria de Paula (4ª Vara Cível e de Fazenda Pública) a ressarcir pouco mais de R$ R$ 210 mil por ilicitudes no Senai, enquanto presidente da Fieap.