Custeio



DaLula admitiu, na Diário FM, ter desembolsado mais de R$ 30 mil pra deixar o PSC em condições de disputar eleição -depois que assumiu controle da legenda no Amapá, antes sob o controle de Valdenor Guedes.