Combalido



Sem investimentos e com setor mineral no zero, movimentação de cargas no Porto de Santana teve queda de 4,6% em 2018. E com previsão de despencar ainda mais neste ano.