Improbidade



MP-AP instaurou Inquérito Civil para apurar acúmulo ilegal de cargos no Amapá.
Que no ver do promotor Afonso Pereira, “gera prejuízos ao erário e tira a oportunidade de outras pessoas que almejam entrar para o serviço público”.