Previsão



“Eu acho que aprova até junho. Se a Câmara entregar no final de abril, a gente entra o recesso com essa reforma aprovada”, aditou o senador amapaense.