Queda livre



Comércio e construção entraram 2019 em queda livre, com fechamento de 462 postos de trabalho desde janeiro no AP. O pior dos últimos 15 anos, segundo o Caged (Ministério da Economia).