Esforço



Anúncio precoce de Bolsonaro, que nomeia Moro para o STF em 2020, pelo menos obriga o ex-Lava Jato a trabalhar dobrado para mostrar resultados, no ver de mais atentos.