Mãos ao alto



No ver de governadores que subscreveram a carta pela queda do decreto de Bolsonaro, WGóes dentre eles, a medida, se adotada, significará aumento na”quantidade de armas e munições que poderão abastecer criminosos.”
E, também, “os riscos de que discussões e brigas entre nossos cidadãos acabem em tragédias”, justificam.