De letra



Juiz federal, João Bosco segue tangeando sobre suposto projeto de enveredar pela política partidária, como sugerem mais próximos.

Ajuda

“Minha contribuição ao Amapá, minha terra por adoção, sempre foi muito além da área de atuação na magistratura. E continuará assim, sem que eu tenha que levar nome ao sufrágio”, avalia Bosco.