Persistência



Há 25 anos exercendo mandato, Edinho admite volta em 2016, mas não como vereador, lugar que reservou para o filho Diego.
Mas que pode, sim, de repente ousar numa candidatura pela prefeitura, em Macapá.